1º ANO – DIVERSIDADE CULTURAL E SOCIAL

Destaques

01_

1º ANO – DIVERSIDADE CULTURAL E SOCIAL

Regulamento

CONCURSO COSTA NORTE ESCOLA – 1º SEMESTRE – 2015.

 T E M A    E    R E G U L A M E N T O

 1º ano

Tema: “Respeitando e entendendo as diferenças dentro e fora da escola. Diversidade cultural e social”.

Gênero textual informativo: Placa.

Participantes: Alunos dos 1ºs. anos.

Entrega SE – 15/04/15

REGULAMENTO DO CONCURSO:

 

Artigo 1: Objetivo

O Concurso Costa Norte Escola tem como proposta:

✓  Promover a reflexão acerca das questões ambientais no âmbito escolar, em diálogo permanente entre as disciplinas do currículo escolar e os cuidados com meio ambiente;

✓  Promover e reconhecer as ações humanas sobre o ambiente (escola, seu entorno e comunidade escolar), contextualizando o conceito de sustentabilidade e conciliando-o com as aprendizagens de estratégias, compreensão e produção de textos orais e escritos;

✓  Favorecer a articulação, entre as aprendizagens desenvolvidas na escola e sua circulação na comunidade, na escola e especialmente entre as famílias dos alunos;

✓  Oportunizar encontros de formações de educadores, a fim de que haja um aprimoramento da prática pedagógica para o trabalho com temáticas ambientais e produções textuais, sendo dessa forma, oportunidades valiosas de aprendizagens e reflexões acerca da prática pedagógica e sua relação com o contexto social;

✓  Ampliar o universo cultural dos participantes e envolvidos no concurso;

✓  Premiar os trabalhos que se destacaram no contexto de escola promotora de cultura e conhecimento.

Com o desenvolvimento deste concurso pode-se observar na comunidade escolar uma mudança significativa quanto às atitudes antes existentes e até então vistas como normais.

A partir das reflexões realizadas quanto aos valores humanos em uma perspectiva de educação para a conservação e preservação do meio ambiente e como as ações de todos os envolvidos de alguma forma no processo de ensino aprendizagem, professores, alunos e comunidade escolar, produz consequências que serão sentidas por todos os seres vivos do Planeta.

Artigo 2: Participação.

Participarão do concurso todos os alunos dos 1ºs. anos da Rede Municipal de Ensino de Bertioga.

Os trabalhos deverão ser produzidos em sala de aula, com a orientação e supervisão do professor, finalizado em modelo de folha padrão enviado pela Secretaria de Educação.

O trabalho deverá fazer referência exclusivamente ao tema proposto. Os alunos poderão usar o material que melhor se adequar para a produção do gênero textual informativo. O professor deverá escolher entre toda a produção da sala, apenas dois trabalhos para concorrer com os demais. Esses dois trabalhos serão encaminhados para julgamento, somente, se estiverem acompanhados das demais produções da sala.

Artigo 3: Inscrições e Julgamento.

Todos os trabalhos deverão ser entregues na Secretaria de Educação, aos cuidados da Diretoria de Gestão Pedagógica até a data limite de 15/04/15, sob pena de desclassificação.

O professor poderá usar todas as fontes que julgar necessárias para a instrução de seus alunos, respeitando os princípios pedagógico-educacionais e, orientações da Equipe Pedagógica/SE.

A decisão da comissão julgadora será considerada irrevogável, não cabendo qualquer tipo de ação recorrente.

 

Artigo 4: Critérios de avaliação.

Para cada um dos critérios abaixo especificados o aluno receberá uma pontuação de zero a dez. O resultado final do julgamento do concurso será a soma da pontuação obtida por todos os avaliadores.

✓  Adequação e coerência à proposta temática;

✓  Adequação ao gênero;

✓  Limpeza e estética;

✓  Criatividade.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE e jornalistas do Jornal Costa Norte.

Artigo 5: Desclassificação dos trabalhos.

Os trabalhos entregues fora da data limite, rasurados, ilegíveis, com nenhuma ou mais de duas inscrições por sala, plágio de qualquer natureza, erros ortográficos ou que não estiverem acompanhados do relatório de produção do professor, elaborado de acordo com as orientações e modelo da DGP/SE, serão desclassificados pela comissão julgadora da SE.

A decisão da comissão julgadora será considerada irrevogável, não cabendo qualquer tipo de ação recorrente.

 

Artigo 6: Premiação.

Serão premiados os três melhores trabalhos avaliados, seguidos dos seus professores, escolas, e que atenderem aos requisitos desse regulamento.

Artigo 7: Produção dos trabalhos – relatório e vídeo do professor.

Todas as atividades desenvolvidas pelos professores e relacionadas ao Projeto Costa Norte/Escola deverão ser documentadas em formato de vídeo. Esse vídeo deverá ser gravado em DVD, com no máximo três minutos de duração, contendo a trajetória sequencial do trabalho realizado em sala de aula, anexado ao relatório, elaborado conforme orientação e modelo encaminhados pela Equipe Pedagógica/SE e, enviados juntos aos trabalhos para julgamento.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE.

Será atribuída nota de zero a dez para os seguintes critérios:

✓  Pesquisa e ampliação do tema proposto;

✓  Criatividade;

✓  Estética e apresentação.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE.

Será premiado o professor que atingir a maior nota em uma escala de zero a dez.

Fica facultado ao professor ceder este prêmio para o membro de sua equipe pedagógica que, comprovadamente colaborar para o desenvolvimento do trabalho.

1º ANO – DIVERSIDADE CULTURAL E SOCIAL

Galeria

LUGAR SÉRIE NOME ESCOLA
1 1A Manuella Cássia C da Rocha EMEIF Governador Mário Covas
2 1C Maria Eduarda Almeida EMEIF José Ermírio de Moraes Filho
3 1E Letícia dos Santos Masceno EMEIF Chácara Vista Linda

2º ANO – TURISMO E CIDADANIA

Destaques

02_

2º ANO – TURISMO E CIDADANIA

Regulamento

CONCURSO COSTA NORTE ESCOLA – 1º SEMESTRE – 2015.

T E M A    E    R E G U L A M E N T O

2º ano

Tema: “Turismo e cidadania – Cuidando e Preservando a Praia e o seres vivos deste ambiente”.

Gênero textual informativo: Acróstico com ilustração

Participantes: Alunos dos 2ºs. anos.

Entrega SE – 23/04/15

REGULAMENTO DO CONCURSO:

Artigo 1: Objetivo

O Concurso Costa Norte Escola tem como proposta:

✓  Promover a reflexão acerca das questões ambientais no âmbito escolar, em diálogo permanente entre as disciplinas do currículo escolar e os cuidados com meio ambiente;

✓  Promover e reconhecer as ações humanas sobre o ambiente (escola, seu entorno e comunidade escolar), contextualizando o conceito de sustentabilidade e conciliando-o com as aprendizagens de estratégias, compreensão e produção de textos orais e escritos;

✓  Favorecer a articulação, entre as aprendizagens desenvolvidas na escola e sua circulação na comunidade, na escola e especialmente entre as famílias dos alunos;

✓  Oportunizar encontros de formações de educadores, a fim de que haja um aprimoramento da prática pedagógica para o trabalho com temáticas ambientais e produções textuais, sendo dessa forma, oportunidades valiosas de aprendizagens e reflexões acerca da prática pedagógica e sua relação com o contexto social;

✓  Ampliar o universo cultural dos participantes e envolvidos no concurso;

✓  Premiar os trabalhos que se destacaram no contexto de escola promotora de cultura e conhecimento.

Com o desenvolvimento deste concurso pode-se observar na comunidade escolar uma mudança significativa quanto às atitudes antes existentes e até então vistas como normais.

A partir das reflexões realizadas quanto aos valores humanos em uma perspectiva de educação para a conservação e preservação do meio ambiente e como as ações de todos os envolvidos de alguma forma no processo de ensino aprendizagem, professores, alunos e comunidade escolar, produz consequências que serão sentidas por todos os seres vivos do Planeta.

Artigo 2: Participação.

Participarão do concurso todos os alunos dos 2ºs. anos da Rede Municipal de Ensino de Bertioga.

Os trabalhos deverão ser produzidos em sala de aula, com a orientação e supervisão do professor, finalizado em modelo de folha padrão enviado pela Secretaria de Educação.

O trabalho deverá fazer referência exclusivamente ao tema proposto. Os alunos poderão usar o material que melhor se adequar para a produção do gênero textual informativo. O professor deverá escolher entre toda a produção da sala, apenas dois trabalhos para concorrer com os demais. Esses dois trabalhos serão encaminhados para julgamento, somente, se estiverem acompanhados das demais produções da sala.

Artigo 3: Inscrições e Julgamento.

Todos os trabalhos deverão ser entregues na Secretaria de Educação, aos cuidados da Diretoria de Gestão Pedagógica até a data limite de 23/04/15, sob pena de desclassificação.

O professor poderá usar todas as fontes que julgar necessárias para a instrução de seus alunos, respeitando os princípios pedagógico-educacionais e, orientações da Equipe Pedagógica/SE.

A decisão da comissão julgadora será considerada irrevogável, não cabendo qualquer tipo de ação recorrente.

 

Artigo 4: Critérios de avaliação.

Para cada um dos critérios abaixo especificados o aluno receberá uma pontuação de zero a dez. O resultado final do julgamento do concurso será a soma da pontuação obtida por todos os avaliadores.

✓  Adequação e coerência à proposta temática;

✓  Adequação ao gênero;

✓  Limpeza e estética;

✓  Criatividade.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE e jornalistas do Jornal Costa Norte.

Artigo 5: Desclassificação dos trabalhos.

Os trabalhos entregues fora da data limite, rasurados, ilegíveis, com nenhuma ou mais de duas inscrições por sala, plágio de qualquer natureza, erros ortográficos ou que não estiverem acompanhados do relatório de produção do professor, elaborado de acordo com as orientações e modelo da DGP/SE, serão desclassificados pela comissão julgadora da SE.

A decisão da comissão julgadora será considerada irrevogável, não cabendo qualquer tipo de ação recorrente.

 

Artigo 6: Premiação.

Serão premiados os três melhores trabalhos avaliados, seguidos dos seus Professores, Escolas, e que atenderem aos requisitos desse regulamento.

Artigo 7: Produção dos trabalhos – relatório e vídeo do professor.

Todas as atividades desenvolvidas pelos professores e relacionadas ao Projeto Costa Norte/Escola deverão ser documentadas em formato de vídeo. Esse vídeo deverá ser gravado em DVD, com no máximo três minutos de duração, contendo a trajetória sequencial do trabalho realizado em sala de aula, anexado ao relatório, elaborado conforme orientação e modelo encaminhados pela Equipe Pedagógica/SE e, enviados juntos aos trabalhos para julgamento.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE.

Será atribuída nota de zero a dez para os seguintes critérios:

✓  Pesquisa e ampliação do tema proposto;

✓  Criatividade;

✓  Estética e apresentação.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE.

Será premiado o professor que atingir a maior nota em uma escala de zero a dez.

Fica facultado ao professor ceder este prêmio para o membro de sua equipe pedagógica que, comprovadamente colaborar para o desenvolvimento do trabalho.

2º ANO – TURISMO E CIDADANIA

Galeria

LUGAR SÉRIE NOME ESCOLA
1 2A Fernando da Silva Melo Giusfredo Santini
2 2C Sarah Oliveira Ormonde Mário Covas
3 2C Laura Silva Correia Delphino Stockler de Lima

3º ANO – GÊNERO TEXTUAL INFORMATIVO

Destaques

03_

3º ANO – GÊNERO TEXTUAL INFORMATIVO

Regulamento

CONCURSO COSTA NORTE ESCOLA – 1º SEMESTRE – 2015.

 T E M A    E    R E G U L A M E N T O

3º ano

Tema: “Os animais também tem direito a existência ”.

Gênero textual informativo: Carta ao leitor

Participantes: Alunos dos 3ºs. anos.

Entrega SE – 06/05/15

REGULAMENTO DO CONCURSO:

Artigo 1: Objetivo

O Concurso Costa Norte Escola tem como proposta:

✓  Promover a reflexão acerca das questões ambientais no âmbito escolar, em diálogo permanente entre as disciplinas do currículo escolar e os cuidados com meio ambiente;

✓  Promover e reconhecer as ações humanas sobre o ambiente (escola, seu entorno e comunidade escolar), contextualizando o conceito de sustentabilidade e conciliando-o com as aprendizagens de estratégias, compreensão e produção de textos orais e escritos;

✓  Favorecer a articulação, entre as aprendizagens desenvolvidas na escola e sua circulação na comunidade, na escola e especialmente entre as famílias dos alunos;

✓  Oportunizar encontros de formações de educadores, a fim de que haja um aprimoramento da prática pedagógica para o trabalho com temáticas ambientais e produções textuais, sendo dessa forma, oportunidades valiosas de aprendizagens e reflexões acerca da prática pedagógica e sua relação com o contexto social;

✓  Ampliar o universo cultural dos participantes e envolvidos no concurso;

✓  Premiar os trabalhos que se destacaram no contexto de escola promotora de cultura e conhecimento.

Com o desenvolvimento deste concurso pode-se observar na comunidade escolar uma mudança significativa quanto às atitudes antes existentes e até então vistas como normais.

A partir das reflexões realizadas quanto aos valores humanos em uma perspectiva de educação para a conservação e preservação do meio ambiente e como as ações de todos os envolvidos de alguma forma no processo de ensino aprendizagem, professores, alunos e comunidade escolar, produz consequências que serão sentidas por todos os seres vivos do Planeta.

Artigo 2: Participação.

Participarão do concurso todos os alunos dos 3ºs. anos da Rede Municipal de Ensino de Bertioga.

Os trabalhos deverão ser produzidos em sala de aula, com a orientação e supervisão do professor, finalizado em modelo de folha padrão enviado pela Secretaria de Educação.

O trabalho deverá fazer referência exclusivamente ao tema proposto. Os alunos poderão usar o material que melhor se adequar para a produção do gênero textual informativo. O professor deverá escolher entre toda a produção da sala, apenas dois trabalhos para concorrer com os demais. Esses dois trabalhos serão encaminhados para julgamento, somente, se estiverem acompanhados das demais produções da sala.

Artigo 3: Inscrições e Julgamento.

Todos os trabalhos deverão ser entregues na Secretaria de Educação, aos cuidados da Diretoria de Gestão Pedagógica até a data limite de 06/05/15, sob pena de desclassificação.

O professor poderá usar todas as fontes que julgar necessárias para a instrução de seus alunos, respeitando os princípios pedagógico-educacionais e, orientações da Equipe Pedagógica/SE.

A decisão da comissão julgadora será considerada irrevogável, não cabendo qualquer tipo de ação recorrente.

 

Artigo 4: Critérios de avaliação.

Para cada um dos critérios abaixo especificados o aluno receberá uma pontuação de zero a dez. O resultado final do julgamento do concurso será a soma da pontuação obtida por todos os avaliadores.

✓  Adequação e coerência à proposta temática;

✓  Adequação ao gênero;

✓  Limpeza e estética;

✓  Criatividade.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE e jornalistas do Jornal Costa Norte.

Artigo 5: Desclassificação dos trabalhos.

Os trabalhos entregues fora da data limite, rasurados, ilegíveis, com nenhuma ou mais de duas inscrições por sala, plágio de qualquer natureza, erros ortográficos ou que não estiverem acompanhados do relatório de produção do professor, elaborado de acordo com as orientações e modelo da DGP/SE, serão desclassificados pela comissão julgadora da SE.

A decisão da comissão julgadora será considerada irrevogável, não cabendo qualquer tipo de ação recorrente.

 

Artigo 6: Premiação.

Serão premiados os três melhores trabalhos avaliados, seguidos dos seus Professores, Escolas, e que atenderem aos requisitos desse regulamento.

Artigo 7: Produção dos trabalhos – relatório e vídeo do professor.

Todas as atividades desenvolvidas pelos professores e relacionadas ao Projeto Costa Norte/Escola deverão ser documentadas em formato de vídeo. Esse vídeo deverá ser gravado em DVD, com no máximo três minutos de duração, contendo a trajetória sequencial do trabalho realizado em sala de aula, anexado ao relatório, elaborado conforme orientação e modelo encaminhados pela Equipe Pedagógica/SE e, enviados juntos aos trabalhos para julgamento.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE.

Será atribuída nota de zero a dez para os seguintes critérios:

✓  Pesquisa e ampliação do tema proposto;

✓  Criatividade;

✓  Estética e apresentação.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE.

Será premiado o professor que atingir a maior nota em uma escala de zero a dez.

Fica facultado ao professor ceder este prêmio para o membro de sua equipe pedagógica que, comprovadamente colaborar para o desenvolvimento do trabalho.

3º ANO – GÊNERO TEXTUAL INFORMATIVO

Galeria

LUGAR SÉRIE NOME ESCOLA
1 3C Emilly Maria da Silva Melo EMEIF Prof. Delphino Stockler de Lima
2 3B Kariny dos Santos Claro EM José de Oliveira Santos
3 3B Pollyana Vieira de Oliveira EM José Carlos Bunizaro

4º ANO – GÊNERO TEXTUAL INFORMATIVO

Destaques

04_

4º ANO – GÊNERO TEXTUAL INFORMATIVO

Regulamento

CONCURSO COSTA NORTE ESCOLA – 1º SEMESTRE – 2015. 

T E M A    E    R E G U L A M E N T O

4º ano

Tema: “As paisagens do município – Conhecendo e aprendendo a preservar ”.

Gênero textual informativo: Carta ao leitor

Participantes: Alunos dos 4ºs. anos.

Entrega SE – 27/05/15

REGULAMENTO DO CONCURSO:

Artigo 1: Objetivo

O Concurso Costa Norte Escola tem como proposta:

✓  Promover a reflexão acerca das questões ambientais no âmbito escolar, em diálogo permanente entre as disciplinas do currículo escolar e os cuidados com meio ambiente;

✓  Promover e reconhecer as ações humanas sobre o ambiente (escola, seu entorno e comunidade escolar), contextualizando o conceito de sustentabilidade e conciliando-o com as aprendizagens de estratégias, compreensão e produção de textos orais e escritos;

✓  Favorecer a articulação, entre as aprendizagens desenvolvidas na escola e sua circulação na comunidade, na escola e especialmente entre as famílias dos alunos;

✓  Oportunizar encontros de formações de educadores, a fim de que haja um aprimoramento da prática pedagógica para o trabalho com temáticas ambientais e produções textuais, sendo dessa forma, oportunidades valiosas de aprendizagens e reflexões acerca da prática pedagógica e sua relação com o contexto social;

✓  Ampliar o universo cultural dos participantes e envolvidos no concurso;

✓  Premiar os trabalhos que se destacaram no contexto de escola promotora de cultura e conhecimento.

Com o desenvolvimento deste concurso pode-se observar na comunidade escolar uma mudança significativa quanto às atitudes antes existentes e até então vistas como normais.

A partir das reflexões realizadas quanto aos valores humanos em uma perspectiva de educação para a conservação e preservação do meio ambiente e como as ações de todos os envolvidos de alguma forma no processo de ensino aprendizagem, professores, alunos e comunidade escolar, produz consequências que serão sentidas por todos os seres vivos do Planeta.

Artigo 2: Participação.

Participarão do concurso todos os alunos dos 4ºs. anos da Rede Municipal de Ensino de Bertioga.

Os trabalhos deverão ser produzidos em sala de aula, com a orientação e supervisão do professor, finalizado em modelo de folha padrão enviado pela Secretaria de Educação.

O trabalho deverá fazer referência exclusivamente ao tema proposto. Os alunos poderão usar o material que melhor se adequar para a produção do gênero textual informativo. O professor deverá escolher entre toda a produção da sala, apenas dois trabalhos para concorrer com os demais. Esses dois trabalhos serão encaminhados para julgamento, somente, se estiverem acompanhados das demais produções da sala.

Artigo 3: Inscrições e Julgamento.

Todos os trabalhos deverão ser entregues na Secretaria de Educação, aos cuidados da Diretoria de Gestão Pedagógica até a data limite de 27/05/15, sob pena de desclassificação.

O professor poderá usar todas as fontes que julgar necessárias para a instrução de seus alunos, respeitando os princípios pedagógico-educacionais e, orientações da Equipe Pedagógica/SE.

A decisão da comissão julgadora será considerada irrevogável, não cabendo qualquer tipo de ação recorrente.

 

Artigo 4: Critérios de avaliação.

Para cada um dos critérios abaixo especificados o aluno receberá uma pontuação de zero a dez. O resultado final do julgamento do concurso será a soma da pontuação obtida por todos os avaliadores.

✓  Adequação e coerência à proposta temática;

✓  Adequação ao gênero;

✓  Limpeza e estética;

✓  Criatividade.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE e jornalistas do Jornal Costa Norte.

Artigo 5: Desclassificação dos trabalhos.

Os trabalhos entregues fora da data limite, rasurados, ilegíveis, com nenhuma ou mais de duas inscrições por sala, plágio de qualquer natureza, erros ortográficos ou que não estiverem acompanhados do relatório de produção do professor, elaborado de acordo com as orientações e modelo da DGP/SE, serão desclassificados pela comissão julgadora da SE.

A decisão da comissão julgadora será considerada irrevogável, não cabendo qualquer tipo de ação recorrente.

 

Artigo 6: Premiação.

Serão premiados os três melhores trabalhos avaliados, seguidos dos seus Professores, Escolas, e que atenderem aos requisitos desse regulamento.

Artigo 7: Produção dos trabalhos – relatório e vídeo do professor.

Todas as atividades desenvolvidas pelos professores e relacionadas ao Projeto Costa Norte/Escola deverão ser documentadas em formato de vídeo. Esse vídeo deverá ser gravado em DVD, com no máximo três minutos de duração, contendo a trajetória sequencial do trabalho realizado em sala de aula, anexado ao relatório, elaborado conforme orientação e modelo encaminhados pela Equipe Pedagógica/SE e, enviados juntos aos trabalhos para julgamento.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE.

Será atribuída nota de zero a dez para os seguintes critérios:

✓  Pesquisa e ampliação do tema proposto;

✓  Criatividade;

✓  Estética e apresentação.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE.

Será premiado o professor que atingir a maior nota em uma escala de zero a dez.

Fica facultado ao professor ceder este prêmio para o membro de sua equipe pedagógica que, comprovadamente colaborar para o desenvolvimento do trabalho.

4º ANO – GÊNERO TEXTUAL INFORMATIVO

Galeria

LUGAR SÉRIE NOME ESCOLA
1 4B Bianca Sayuri Tanaka Alves EMEIF Prof Delphino Stockler de Lima
2 4B Rodrigo Tenório Kneip EM José de Oliveira
3 4A Hilary Correia da Silva EMEIF Dr. José Ermírio de Moraes Filho

5º ANO – GÊNERO TEXTUAL

Destaques

05_

5º ANO – GÊNERO TEXTUAL

Regulamento

CONCURSO COSTA NORTE ESCOLA – 1º SEMESTRE – 2015.

T E M A    E    R E G U L A M E N T O

5º ano

Tema: “Não ao bulling – Por uma cultura de paz ”.

Gênero textual: Poema

Participantes: Alunos dos 5ºs. anos.

Entrega SE – 26/06/15

REGULAMENTO DO CONCURSO:

Artigo 1: Objetivo

O Concurso Costa Norte Escola tem como proposta:

✓  Promover a reflexão acerca das questões ambientais no âmbito escolar, em diálogo permanente entre as disciplinas do currículo escolar e os cuidados com meio ambiente;

✓  Promover e reconhecer as ações humanas sobre o ambiente (escola, seu entorno e comunidade escolar), contextualizando o conceito de sustentabilidade e conciliando-o com as aprendizagens de estratégias, compreensão e produção de textos orais e escritos;

✓  Favorecer a articulação, entre as aprendizagens desenvolvidas na escola e sua circulação na comunidade, na escola e especialmente entre as famílias dos alunos;

✓  Oportunizar encontros de formações de educadores, a fim de que haja um aprimoramento da prática pedagógica para o trabalho com temáticas ambientais e produções textuais, sendo dessa forma, oportunidades valiosas de aprendizagens e reflexões acerca da prática pedagógica e sua relação com o contexto social;

✓  Ampliar o universo cultural dos participantes e envolvidos no concurso;

✓  Premiar os trabalhos que se destacaram no contexto de escola promotora de cultura e conhecimento.

Com o desenvolvimento deste concurso pode-se observar na comunidade escolar uma mudança significativa quanto às atitudes antes existentes e até então vistas como normais.

A partir das reflexões realizadas quanto aos valores humanos em uma perspectiva de educação para a conservação e preservação do meio ambiente e como as ações de todos os envolvidos de alguma forma no processo de ensino aprendizagem, professores, alunos e comunidade escolar, produz consequências que serão sentidas por todos os seres vivos do Planeta.

Artigo 2: Participação.

Participarão do concurso todos os alunos dos 5ºs. anos da Rede Municipal de Ensino de Bertioga.

Os trabalhos deverão ser produzidos em sala de aula, com a orientação e supervisão do professor, finalizado em modelo de folha padrão enviado pela Secretaria de Educação.

O trabalho deverá fazer referência exclusivamente ao tema proposto. Os alunos poderão usar o material que melhor se adequar para a produção do gênero textual informativo. O professor deverá escolher entre toda a produção da sala, apenas dois trabalhos para concorrer com os demais. Esses dois trabalhos serão encaminhados para julgamento, somente, se estiverem acompanhados das demais produções da sala.

Artigo 3: Inscrições e Julgamento.

Todos os trabalhos deverão ser entregues na Secretaria de Educação, aos cuidados da Diretoria de Gestão Pedagógica até a data limite de 26/06/15, sob pena de desclassificação.

O professor poderá usar todas as fontes que julgar necessárias para a instrução de seus alunos, respeitando os princípios pedagógico-educacionais e, orientações da Equipe Pedagógica/SE.

A decisão da comissão julgadora será considerada irrevogável, não cabendo qualquer tipo de ação recorrente.

 

Artigo 4: Critérios de avaliação.

Para cada um dos critérios abaixo especificados o aluno receberá uma pontuação de zero a dez. O resultado final do julgamento do concurso será a soma da pontuação obtida por todos os avaliadores.

✓  Adequação e coerência à proposta temática;

✓  Adequação ao gênero;

✓  Limpeza e estética;

✓  Criatividade.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE e jornalistas do Jornal Costa Norte.

Artigo 5: Desclassificação dos trabalhos.

Os trabalhos entregues fora da data limite, rasurados, ilegíveis, com nenhuma ou mais de duas inscrições por sala, plágio de qualquer natureza, erros ortográficos ou que não estiverem acompanhados do relatório de produção do professor, elaborado de acordo com as orientações e modelo da DGP/SE, serão desclassificados pela comissão julgadora da SE.

A decisão da comissão julgadora será considerada irrevogável, não cabendo qualquer tipo de ação recorrente.

 

Artigo 6: Premiação.

Serão premiados os três melhores trabalhos avaliados, seguidos dos seus Professores, Escolas, e que atenderem aos requisitos desse regulamento.

Artigo 7: Produção dos trabalhos – relatório e vídeo do professor.

Todas as atividades desenvolvidas pelos professores e relacionadas ao Projeto Costa Norte/Escola deverão ser documentadas em formato de vídeo. Esse vídeo deverá ser gravado em DVD, com no máximo três minutos de duração, contendo a trajetória sequencial do trabalho realizado em sala de aula, anexado ao relatório, elaborado conforme orientação e modelo encaminhados pela Equipe Pedagógica/SE e, enviados juntos aos trabalhos para julgamento.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE.

Será atribuída nota de zero a dez para os seguintes critérios:

✓  Pesquisa e ampliação do tema proposto;

✓  Criatividade;

✓  Estética e apresentação.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta a critério da Diretoria de Gestão Pedagógica/SE.

Será premiado o professor que atingir a maior nota em uma escala de zero a dez.

Fica facultado ao professor ceder este prêmio para o membro de sua equipe pedagógica que, comprovadamente colaborar para o desenvolvimento do trabalho.

O Costa Norte Escola foi criado com o objetivo de incentivar a criatividade e a consciência sócio-ambiental através da comunicação e de competições sadias dentro das escolas municipais.

A ação consiste em uma série de concursos semestrais aplicados mensalmente e individualmente para cada série do ensino fundamental (de 1º ao 5º), que culmina ao fim do semestre com um evento de premiação.

Premiando de forma generosa alunos, professores, escolas e diretores, toda a estrutura pedagógica do município trabalha a favor do desenvolvimento da ação.

ilustra-felizao-COSTANORTE-1

A ampla divulgação faz com que a comunidade envolva-se com o projeto. Tomando conhecimento por meio do Jornal Costa Norte, Rádio Praia FM e TV Costa Norte, pais e familiares dos alunos incentivam a inscrição nos concursos.

A divulgação dos apoiadores e resultados do projeto é, além de uma forma de reconhecimento do esforço de todos em prol de sua plena realização, também uma oportunidade de promover de maneira mais abrangente e pedagógica o desenvolvimento sustentável do planeta através da educação e comunicação.

ilustra-felizao-COSTANORTE-2

O Costa Norte Escola vem contribuindo para a formação de cidadãos mais conscientes de seu papel na sociedade. Só neste semestre, cerca de 3.900 trabalhos foram realizados pelas crianças da rede municipal de ensino. Somados aos trabalhos realizados nas edições passadas, o número ultrapassa 25 mil.

O resultado final desta ação ocorre fora das salas de aula. As crianças levam os conceitos trabalhados para dentro de casa, ensinando para mães, pais, irmãos e familiares como contribuir para o desenvolvimento sustentável da sociedade.

O projeto é ainda mais gratificante para seus apoiadores e realizadores. O grande volume de mídia envolvida na ação é uma forma de recompensar a disposição de empresas que visem o desenvolvimento sustentável.

Confira o descritivo das mídias do projeto:

ilustra-felizao-COSTANORTE-3

SISTEMA COSTA NORTE DE COMUNICAÇÃO.
Av. 19 de maio, 695, Jd. Albatroz, Bertioga – SP
(13) 3317-1281